Secretário de Saúde recusa-se a responder questionamentos da CPI

 

         O vice-prefeito municipal e secretário de Saúde, Luiz Augusto Schneider prestou depoimento no final da tarde desta quarta-feira.

         Inicialmente, trouxe referências à saúde nacional, dizendo que não existe esse caos anunciado em Uruguaiana. O problema é nacional e que nossa cidade está acima da média estadual em investimentos e evolução da saúde pública.

          Ao ser questionado sobre os pontos que suscitaram a CPI, o secretário recusou-se a responder alegando que todos os assuntos já eram parte de processos junto ao Ministério Público Federal, Estadual ou do Trabalho e que não caberia à Câmara Municipal o trabalho que está sendo realizado na CPI.

         Cabe salientar que a Comissão Parlamentar de Inquérito é instrumento fiscalizatório previsto em dispositivos da Constituição Federal que conferem essa competência ao Poder Legislativo.

          Diante das repetidas negativas em responder aos questionamentos, o presidente da CPI, vereador José Clemente, registrou a forma desrespeitosa como o Poder Legislativo e os vereadores foram tratados, culminando com as declarações do vereador Adalberto Silva de total desagrado ao depoimento do vice-prefeito quando desconsiderou e desqualificou a CPI para tratar dos assuntos levantados. O vereador Adalberto retirou-se, manifestando sua indignação pela falta de respeito da parte do secretário para com os parlamentares e o presidente encerrou a reunião, dizendo não aceitar a postura adotada pelo Poder Executivo.